quarta-feira, 4 de março de 2009

Andrew Bird - Noble Beast

Chega neste ano o novo capitulo da já longa história de Andrew Bird. Noble Beast é o quinto album a solo do rapaz do assobio e do violino. O novo album segue a linha a que Andrew Bird nos tem habituado, não desviando um único milimetro do caminho até agora percorrido. Talvez por isso, e por suceder ao muito aclamado Armchair Apocrypha de 2007, este novo album esteja a ser visto com alguma decepção por parte de quem por ele esperava. Noble Beast não é um mau disco, muito longe disso, só que deixa a sensação de que qualquer das faixas nele presente poderiam fazer parte de um dos anteriores discos sem chocar ninguem. Bird continua a dar ás suas canções a emoção que sai da sua voz, quase sempre acompanhada com o duo violino/assobio. Not a Robot, But a Ghost, a fazer lembrar Radiohead, Masterswarm ou Fitz & Dizzyspells são a par do single de apresentação Oh No as canções mais conseguidas do album quanto a mim.

1 comentário:

Leonor Brito disse...

Se eu fosse o Andrew Bird, fixava residência algures entre Braga e Lisboa. Assim, seria sempre mais fácil quando ele quisesse tocar por cá – o senhor já tem datas marcadas para as duas cidades. Os interessados podem conferir todos os dados em
http://cotonete.clix.pt/quiosque/noticias/body.aspx?id=42372
E este será certamente um dos melhores anos para o músico ou, pelo menos, assim me começa a parecer! O disco “Noble Beast” tem sido recebido com críticas bastante positivas e deve figurar entre os melhores do ano... Aposto nisso!!