terça-feira, 6 de maio de 2008

Deolinda - Canção Ao Lado


Fujindo ao clichés que habitualmente se apegam ao fado, o projecto Deolinda faz a sua estreia discográfica com Canção Ao Lado, um disco sem a clássica guitarra portuguesa, sem canções tristes, fatalistas e sisudas e ainda melhor com canções que se podem e devem dançar. Os Deolinda com Ana Bacalhau na voz trazem-nos a cor e a alegria que há muito não se ouvia no fado. Contado Ninguem Acredita, Fon-fon-fon, Ai Rapaz ou Movimento Perpétuo Associativo são para ser ouvidas em clima de alegria com palmas e danças á roda, mas Deolinda não é só festa e alegria, e quando se senta á janela a ver quem passa da-nos temas como Não Sei Falar de Amor, Fado Castigo ou Eu Tenho Um Melro que mesmo fujindo ao fatalismo habitual do fado nos leva para universos que muitas vezes nos faz lembrar dos primeiros tempo de Madredeus.
Destaque ainda para os temas Lisboa Não é a Cidade Perfeita e O Fado Não é Mau mais duas representantes dos universos atrás descritos, que nos fazem querer ouvir Canção Ao Lado vezes e vezes sem conta.

4 comentários:

aNGie disse...

Ouvi os Deolinda pela primeira vez este sábado que passou.. confesso que os adorei precisamente pela desmistificação de clichés, tal como referes no texto..
É bom haver projectos assim e é óptimo que haja quem os publicite!

Helder disse...

se quiserem ouvir o album podem sacar aqui, mas pf se gostarem comprem o cd porque eles merecem.
fica aqui o link:

http://rapidshare.com/files/161191728/deolinda.rar

Anónimo disse...

Qual é a senha?!

Leandro disse...

como é que é possível que ainda postem links rapishare, sem a respectiva senha?!